EUGENIA REPANDA

FAMILIA DAS MYRTACEAS

 

FOLHAS E FRUTOS (Foto: Heros Sum)

FRUTOS E SEMENTES (Foto: Helton Josué)

 

NOMENCLATURA E SIGNIFICADO: PITANGA-JAMBO vem do Tupi, e significa ”Fruta de pele fina”. Também é chamada de Jambinho do mato e Guamirim-jambo.

 

OBSERVAÇÕES: ESTA É UMA SABOROSA E LINDA MIRTACEA ARBUSTIVA ENCONTRADA NO SUB-BOSQUE DA FLORESTA SEMIDECIDUA NO MUNICIPIO DE TUPÃ-SP, PELO AMIGO E COLABORADOR HEROS SUM QUE ME PERMITIU USAR A PRIMEIRA FOTO MOSTRANDO A PLANTA EM FRUTIFICAÇÃO. OS FRUTOS TEM SABOR DE JAMBO COM PITANGA, SABOR INESQUECIVEL PARA QUEM EXPERIMENTA A PRIMEIRA VEZ.

 

Origem: Originaria do sub-bosque de varias formações florestais, com dispersão rara e ocasional, aparecendo desde o Rio de Janeiro até o Rio Grande do Sul, Brasil. Mais informações no link:

http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2012/index?mode=sv&group=Root_.Angiospermas_&family=Root_.Angiospermas_.Myrtaceae_&genus=Eugenia&species=&author=&common=&occurs=1&region=&state=&phyto=&endemic=&origin=&vegetation=&last_level=subspecies&listopt=1

 

Características: Arvoreta de 2 a 5 metros, com copa ramificada, densa e arredondada, com ramos grablescentes, o troco é tortuoso, com casca acinzentada e esbranquiçada. As folhas são simples, opostas e glabras (sem pelos). Tem textura cartácea (como cartolina), é ovada (com forma de ovo), medindo 2,5 a 3,5 cm de comprimento por 1,5 a 2 cm de largura; com base cuneada (com forma de cunha) e ápice é agudo com ponta longa. As flores nascem em fascículos (tipo de cacho formando feixe) com 2 a 4 flores de 8 mm de diâmetro. Estas tem cálice (invólucro externo da flor) cupulado (com forma de cúpula) com 4 sépalas livres e corola (invólucro esterno) com 4 pétalas brancas e muitos estames com anteras (órgãos masculinos) brancos capitados (com forma de cabeça). O fruto tem forma Piriforme e mede de 1,5 a 2,2 cm de comprimento. 

 

Dicas para cultivo: Planta de crescimento moderado que aprecia qualquer tipo de solos com boa fertilidade natural e rápida drenagem da água das chuvas, é resistente a geadas leves de até - 3 grau. A planta frutifica abundantemente em local sombreado, mais não deve faltar água na época da florada para boa formação dos frutos. Começa a frutificar com 2 a 4 anos a depender do clima e tratos culturais. Também pode em vasos grandes com substrato rico em matéria orgânica.

 

Mudas: As sementes são redondas, recalcitrantes (perdem o poder germinativo se forem secadas) e germinam em 70 a 120 dias se plantadas em substrato de 50% de terra vermelha, 30% de matéria orgânica e 20% de areia. Recomendo que seja plantada uma semente diretamente em embalagens individuais, pelo fato de que as plântulas não aceitam transplante. As mudas devem ser formadas na sombra e atingem 20 cm com 10 a 12 meses de vida.

 

Plantando: Recomendo que seja plantada em local semi-sombreado num espaçamento 3 x 3 ou 4 x 4 m em covas abertas com no mínimo 2 meses antes do plantio, estas devem ter 50 cm nas 3 dimensões e convém misturar 30% de areia saibro + 6 pás de matéria orgânica aos 30 cm de terra da superfície da cova; misturando junto + 500 g de calcário e 1 kg de cinzas de madeira. A melhor época de plantio é outubro a novembro, convém irrigar 10 l de água após o plantio e a cada 15 dias se não chover.  

 

Cultivando: A planta cresce lentamente no primeiro ano e não necessita de cuidados especiais, apenas deve-se cobrir a superfície com capim cortado e eliminar qualquer erva daninha que possa sufocar a planta. Fazer podas no fim do inverno para fazer a formação da planta eliminando ramos e brotos da base e todo o excesso de ramos que nascerem voltados para o interior da copa. Adubar com 2 kg de composto orgânico feito de esterco de galinha curtido e 20 gramas de NPK 10-10-10. Distribuir os nutrientes à 5 cm superficialmente a 20 cm do caule no inicio do mês de setembro.

 

Usos: Frutifica nos meses de outubro a dezembro. Os frutos tem gosto de Pitanga com Lambo e são deliciosos para serem consumidos in-natura ou aproveitados para fazer sucos, doces, rechear bolos e sorvetes. A arvore é ornamental e pode ser cultivada com sucesso em pequenos jardins. É uma Myrtacea muito rara e interessante.

 

Voltar para Frutas do Mato ou Voltar para Myrtaceae

 

.